Presunto e mais | Sadia

Presunto e mais

Conheça as diferenças entre os frios

Presunto, mortadela, salame, apresuntado, pepperoni, copa... Quantas delícias juntas! Os chamados embutidos fazem parte de uma verdadeira família que o brasileiro adora saborear no dia a dia. Seja em uma mesa de frios, acompanhando sanduíches ou servidos como petiscos, eles são carros-chefe de uma gastronomia ligada ao sabor e às harmonizações. Mas você sabe realmente a diferença entre eles?

Sem fazer mistério, todos sabemos que a maioria desses frios são feitos com carne suína. Porém, uma das grandes diferenças é a forma de prepará-los. No caso do presunto, por exemplo, ele é feito apenas de pernil, a parte nobre e menos gordurosa do suíno. “Já o apresuntado é fabricado a partir de paleta e pernil suíno, como explica o chef de cozinha Pedro Aguiar.

Segundo o chef de cozinha argentino, Gonzalo Vidal, especializado em embutidos, cada um desses produtos tem a sua receita própria. "Geralmente misturamos as carnes de porco, boi e o toucinho. As proporções variam de acordo com o preparo e depois acrescentamos os temperos", ressalta o chef, proprietário da marca argentina "La Choriceria".

Aprenda as diferenças entre presunto, apresuntado e outros embutidos

Presunto: Feito somente da pata traseira do suíno, o pernil, ele tem baixo teor de gordura e uma quantidade considerável de proteínas. O presunto pode ser de duas formas: cozido, o mais comum; e cru, um pouco mais difícil de encontrar.

Presunto tipo Parma: A mesma receita da Itália, como o nome próprio diz, da região de Parma, passa de geração para geração desde o século XVI. O seu sabor final é incomparável, assim como o seu aroma e textura. A sua produção, bem peculiar, o destaca no cenário de todos os embutidos, já que envolve muita paciência e tempo de preparo. Maturado por 12 a 15 meses, levando apenas a adição de sal. Ele é muito saboroso, aromático e extremamente versátil, podendo harmonizar com os mais diversos tipos de pratos, em finíssimas fatias.

Presunto Royale: Outro importante tipo de presunto, o Royale se destaca muito por seu sabor leve e uma textura tenra e macia. Feito de forma artesanal, ele é produzido com um pernil íntegro, magro e completamente desossado. Assim como o Parma, o seu processo de fabricação é extremamente cuidadoso e minucioso: a carne é curada por mais de 60 horas, sendo adicionados temperos especiais, como vinho branco e ervas.

Apresuntado: É o resultado de uma mistura de cortes da carne suína, tanto carne do pernil, quanto da paleta (pata dianteira). Um pouco mais calórico, ele tem apenas 13% de proteína, contra 18% do presunto, e pode conter até 2% de amido na composição.

Mortadela: Mais rosada, é a mistura de diferentes tipos de carnes com toucinho (gordura suína). É mais calórica do que o presunto e o apresuntado, por exemplo, chegando a 260 Kcal em 100g.

Copa: O corte principal é o chamado "sobrepaleta", uma das partes mais macias do suíno. É curada e defumada, além de ser extremamente saborosa. O tempero para consumo pode ser bem versátil. Pimentas, cravos, noz-moscada e canela são boas opções.

Salame: Com uma variedade de tipos, o salame é feito de uma mistura de carne suína, bovina e, principalmente, toucinho. A diferença entre o salame e o salaminho é que o salaminho é embalado em tiras mais finas.

Pepperoni: Preparado a partir da carne suína, sendo misturada com a bovina, o pepperoni é acrescido de páprica, tempero feito a partir do pimentão vermelho, que dá aquele sabor levemente apimentado.

PRINCIPAIS ASSUNTOS RELACIONADOS: 

campanhapresunto